Seja mais um amigo!

Visitem!

Veja outros bons posts deste blog!

(se quiser, clique na imagem e para ver mais, na nova página, carregue no botão F5 para actualizar)

sexta-feira, 9 de novembro de 2007

A greve geral e as suas vantagens!

Olá a todos. Os sindicatos da função pública afectos à UGT e à CGTP anunciaram a realização de uma greve geral na função pública para o dia 30 de Novembro. Ora esta greve trás logo, com ela, uma grande vantagem. Como já devem ter reparado (pelo menos foi uma das primeiras coisas que fiz, quando soube da notícia) a greve calha a uma sexta-feira, ainda bem o país já merecia um fim-de-semana prolongado (muito bem pensada esta data). Outra das vantagens é a diminuição do barulho e da poluição nas ruas, se muitas pessoas aderirem à greve, pode ser que não se formem filas enormes de trânsito (com carros a buzinar e tal) e pode ser que as pessoas aproveitem o dia para descansar e reflectir acerca do (provável) aumento da gasolina. Outra das vantagens é o facto de as pessoas poderem aproveitar o fim-de-semana para fazer umas comprinhas, já que um dos motivos da greve é «a perda do poder de compra», vamos lá ver se subimos a média (basta fazer uma pequena compra, tipo um chocolate ou coisa parecida). Bom, com todas estas vantagens é normal que o Governo não esteja preocupado com a greve. O secretário de Estado da Presidência desdramatizou hoje as consequências políticas da convocação da greve da administração pública para o próximo dia 30, afirmando que o Executivo assume em pleno "a tranquilidade da governação" (pronto, vamos lá dar um fim-de-semana prolongado à malta, para ver se as coisas ficam mais calmas!). O secretário de Estado da Presidência afirmou ainda que o Governo "não tem ainda qualquer comentário a fazer" em relação à convocação da greve (ainda bem!). Vivemos num Estado de direito democrático e cumpridas as devidas regras as greves são naturalmente legítimas e o Governo assume em pleno a tranquilidade da governação" (outra vez, pronto já sabemos!), afirmou ainda o secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros (olha o nome já aumentou!). Bom, para terminar, deixo aqui a solução do enigma de ontem (outros mais virão), ai vai: O Alberto teve que pagar 45 euros. Se os sapatos custam 25 € e, juntos com as calças custam 55 €, então as calças custam 55-25=30 €. Como o fato custa 50 €, o casaco custa 50-30=20. Portanto o Alberto teve que pagar 20+25=45 € (era fácil não era?!). Bom, se conseguirem perceber mais algumas vantagens da greve anunciada avisem está bem? É que eu gosto de ouvir a vossa opinião. Para todos, um bom dia.

Nota: O «Golfinho Alegre» já ultrapassou as 2000 visitas, a todos muito obrigado. Já agora, divulguem este blog aos vossos amigos e continuem a visitá-lo, o vosso apoio é muito importante.

Um comentário:

Krika disse...

Olá, obrigado pela visita, muito bacana seu blog, apareça sempre ok, se nos linkar em seu blog me avise que já estarei colocando seu link no nosso espaço.Um abração.

Blog Widget by LinkWithin